Downloads | Faça seu cadastro | Esqueci minha senha | Login
|
|
|
|
|
|
|
|
Ver minhas compras
Banner Dicas
 

 
Voltar

 

ALCACHOFRA

 

 

 

 

 

  Nome científico: Cynara scolymus L.

 

  Família: Asteraceae (Compositae).

 

  Nomes Populares: alcachofra-comum, alcachofra-de-comer e alcachofra-hortense.

 

  Histórico: originária das regiões do mediterrâneo, da Europa, Ásia e África. O nome Cynara vem do latim (=canina), referindo-se à semelhança entre os espinhos que a envolvem e os dentes de um cachorro. É cultivada em hortas e jardins como alimentícia, medicinal e ornamental.

 

Descrição: planta herbácea, perene, de até 1 m de altura; folhas compostas em roseta, segmentadas e espinhosas, sendo as superiores bem menores que as da base; caule roliço; receptáculo floral desenvolvido e carnoso, flores azuis ou violáceas, tubulares, reunidas em um grande capítulo envolvido por brácteas, que são a parte comestível da inflorescência; fruto do tipo aquênio, oval, com apêndice plumoso. Sabor amargo.

 

Compõe-se de água, proteínas, gordura, hidrato de carbono, sais minerais.

 

É rica em: magnésio, fósforo, potássio, sódio, ácido fólico, betacaroteno, vitamina B3, vitamina C e vitamina K.

 

Atualmente é considerada a mais refinada das verduras. Para prepará-la: retirar do pé as folhas de baixo; aparar as pontas espinhosas das folhas; lavar em água com vinagre; deixar por alguns instantes em água quente com limão; cozinhar em água com sal.

 

Sabe-se que a alcachofra está cozida quando ao retirar uma folha ela se desprende facilmente. Retirar do fogo e passar em água fria, apertando um pouco para sair a água e colocá-la em uma peneira com a parte do pé voltada para baixo. Depois de cozida, torna-se fácil retirar-lhe o miolo.

 

Constituintes químicos: flavonóides, óleos essenciais, taninos, alcalóides, sais minerais (potássio, sódio, cálcio, ferro e magnésio), ácidos (salicílico, fosfórico, clorogênico e caféico), glicosídios, substância amarga (cinarina) e mucilagem.

 

Indicações: distúrbios digestivos e hepáticos, colagogo, colerético; diurético e eliminador do ácido úrico; auxilia no tratamento de obesidade; aumenta a ação antitóxica do organismo; para a hipercolesteromia e hipertrigliceridemia; depurativo e antiofídico.

 

Parte usada: folhas secas.

 

Preparo e dosagens:

 

  • Infusão – 2 colheres (sopa) de folhas picadas para 1 litro de água. Tomar 1 xícara de (chá) 4 vezes ao dia, após as refeições.

 

Outros usos: os receptáculos florais são comestíveis e, quando crus, apresentam as mesmas propriedades medicinais.

 

Toxicologia: não deve ser usada durante a lactação, pois pode reduzir a secreção láctea.

 

Imagem: cozinharconsciente.blogspot.com. Acesso em 03/05/2011.

 

 

 

RECEITAS UTILIZANDO ALCACHOFRA

 

Salada de Alcachofra com Queijo Branco

Ingredientes


- 150 g de queijo branco cortado em quadrados
- 2 alcachofras cozidas
- 1/2 lata de milho verde
- 3 rodelas de abacaxi, cortadas em quadrados
- 1/2 maço de agriões
- 2 colheres (sopa) de azeite de oliva
- sal e pimenta a gosto

 

Modo de Preparo

Lave o agrião e escorra. Coloque no fundo de uma saladeira, reservando algumas folhas e caules para decorar. Em uma travessa, misture o queijo branco, o abacaxi, o milho verde, o azeite de oliva e o sal. Despeje na saladeira e decore com o agrião e o miolo de alcachofra. Sirva como entrada ou acompanhamento.

 

 

Fonte: cyberdiet.com.br. Acesso em: 03/05/2011.

 

Imagem: pet.petitchef.com. Acesso em 03/05/2011.

 

 

 

Alcachofra ao Alho e Azeite

 

 

 

 

  Ingredientes

 

  - 4 alcachofras
  - 6 colheres (sopa) de azeite
  - 2 colheres (sopa) de salsa picada
  - sal e pimenta a gosto
  - suco de 1 limão
  - 8 dentes de alho

 

 

 

 

 

 

 

 

Modo de preparo

Cortar as alcachofras ao meio, no sentido do comprimento. Com o auxílio de uma faca, retirar as partes fibrosas. Esfregar as alcachofras com o suco de limão. Cozinhe em água levemente salgada por 20 minutos. Reservar aquecidas. Fatiar o alho e colocar numa frigideira com o azeite. Levar ao fogo para dourar levemente e temperar com a salsa, sal e pimenta. Regar as alcachofras com este molho. Servir.

 

Fonte: livrodereceitas.com. Acesso em 05/05/2011.

Imagem: manequim.abril.com.br. Acesso em 05/05/2011.

 

 

REFERÊNCIAS:

 

JUNIOR A.A. et al  Folhas de chá: plantas medicinais na terapêutica humana. Viçosa: Ed. UFV, 2005.

MARTINS E.R. et al Plantas medicinais. Viçosa: Ed. UFV, 2000.

YABSLEY C.; CROSS A., Sucos para uma vida saudável: Ed. Manole, 2008.

 

 

 

 

Elaboração: Silvana Simonini (Supervisora de Alimentação Escolar da Secretaria Municipal Adjunta de Segurança Alimentar e Nutricional da PBH, Nutricionista graduada pelo Centro Universitário de Belo Horizonte - Uni-BH, Economista Doméstica graduada pela UFV e pós-graduanda em Nutrição Clínica pela Gama Filho/SP). 

 





Voltar

 

E-mail: falecom@grannutrille.com.br - Twitter: www.twitter.com/grannutrille - Facebook: GranNutrille Empresa
Copyright © 2012 GranNutrille ®. Todos direitos reservados.